27.1.07

Lembranças da Infância II

Esse a Gi tb vai lembrar.

Sim, eu tinha um vinilzão da Chispita...Tá tb tinha alguns outros mais Rock n'Roll e uns do Bozo, Trem da Alegria e tals...mas esse, volta e meia, eu lembro.

Costumava sentar em uma cadeira no quarto do meu tio, de frente para a vitrola preta da Sony, ajustando a agulha, aliás, foi nesse vinil que eu exercitei o hábito de escolher as faixas trocando a agulha de lugar manualmente...

Enquanto escutava as músicas do álbum, ficava com um prego desenhando, riscando e tals. uma escrivaninha de madeira que tinha no quarto.

A janela do quarto do meu tio dava de frente para o posto Atlantic, no chão do quarto dele, mais necessariamente atrás da porta havia um buraco onde eu podia enxergar o depósito de fibras da fábrica do meu otro tio.

Na época chamavamos o tio de Nix, hoje ele é conhecido por Tonel...O Nix usava um perfume distinto, e algumas vezes ainda consigo sentir o cheiro de perfume e jaqueta de couro misturado, que em seguida me levam a outra memória de infância: Tarzan Boy!, e ainda mais: os jogos do Ness (Super Mário, Mário Bross, Mortal Kombat I, II, III e Ultimate, Preistoryk Man...).

Sinto falta. É Óbvio!


2 comentários:

Grasi disse...

Tb sinto falta da infância...e principalmente das coisas da infância!
Acho que pq tudo era mais simples..quem sabe...

Bjocas***

Grasi disse...

Eu já te disse que a idiota não é vc!
Mas se vc acha que ta fazendo as coisas erradas corrige e pronto!
Tu vai ver que aos poucos as coisas mudam só por vc fazer uma ou outra escolha diferente...não tenha medo do que possa acontecer...o que não dá é repetir sempre e sempre o mesmo achando que um dia muda.

Amo-te*
Bjosssssss********