21.10.08

há um cais de porto...

Eu não me arrisco mais por pouca coisa...há tempos eu busco o essencial.
Não me conformo com nada superficial, com mesquinharias e não aceito nada que não venha do coração. Talvez esse seja o principal motivo do meu silêncio quando eu simplesmente não vou na trilha da maioria.

Minha alma anda bem mais leve desde então. Beeeeeeeeeem mais leve....
Troquei o forte pelo fraco, o doce pelo simples suave... E essa falta de ansiedade gratuita só deixa o meu coração mais tranquilo.

É bom saber e sentir que eu estou bem, tranquila. E é mehor ainda saber que algumas pessoas ficam bem em saber disso também. E essas sabem!
E sabem sem que eu precise ficar provando isso o tempo todo.
Sabem só de olhar pra mim e ver eu engolindo com a maior facilidade um caminhão de palavras que estavam prestes a sair da minha boca.

Engolir a seco: no momento essa é a minha definição de paciência!

Deixando de lado as mesquinharias eu consegui abrir uma clareira enorme na minha vida pra enxergar lá adiante o tipo de vida que eu quero levar e a pessoa que eu quero ser. Agora eu posso dizer que eu enxergo a felicidade num ponto bem próximo da minha vida e isso me mantém firme nas minhas convicções... essas de não aceitar nada que não venha do coração.

E enquanto eu leio a história de um cara que dá a volta ao mundo em oitenta dias, de uma menininha na estrada de tijolos amarelos tentando voltar pra casa e de um principezinho chorando pelos cantos por causa de uma flor ingrata, eu me sinto muito bem em saber que não há outro lugar no mundo onde eu queira estar...

Eu nunca fui tão feliz com algo tão simples

Eu disse que o tempo ia trazer o que eu precisava para ser totalmente feliz!
Pode não parecer, mas falta pouco...muito pouco.

P.S.: Pra ti, e pelos 15 meses que tu passou aturando minhas manias.

2 comentários:

Jon disse...

como eu fico feliz de te ver assim!
isso é maturidade e isso a gente só conquista apanhando...
não é muito legal, mas é verdade!

15 meses soa melhor que 1 ano e 3 meses.... imagina os 15 anos!!


te amo! muito!

Manô disse...

Que fofos vcs dois.

Entendo bem dessa tranquilidade tua, me sinto igual, só não consegui me expressar tão bem, hehehe!

Quero teu endereço de casa... manda por testemunho no meu orkut.

Bjão!