22.11.07

risonha risonha

ouvia risos de criança.
gargalhavam sem parar um riso quase ensurdecedor.
olhei pr'as ruas e calçadas, casas e prédios e jardins...
as crianças riam em mim.

*

tarde boa. as tardes têm sido assim ultimamente: boa compania, boa conversa...
tardes simples, como as de janeiro...

tá decidido: vai ser janeiro sêpi que eu querê!

[p.s.: conversa sobre bagacerice e bagacerice em ação!]

3 comentários:

Paulo disse...

Queria ter esse poder de me sentir na época que eu quisesse. Eu até que tento, mas falha mais do que funciona.

Beijos!

Adele Corners disse...

Melho que riam EM ti do que DE ti.

E é companHia.

Rá!

Thersus disse...

dequalquerformajaneirotáí
eaparecenumadasduassegundasquerestamdeaulapradaroúltimooidosemestre
eahaétri!